terça-feira, setembro 11, 2007

Pobreza - Cada vez mais pobres num mundo cada vez mais rico!

Caros leitores, hoje lanço a debate um tema que cada vez mais preocupa sobretudo o mundo intelectual - a pobreza!

Hoje em dia, na era moderna, não existe apenas um aumento do número de pobres financeiramente falando, existe também um aumento da pobreza ideológica e de valores.

A imagem que apresenta personifica perfeitamente aquilo a que me refiro.

Será normal, num mundo cada vez mais rico em termos gerais, devido aos avanços tecnológicos nas áreas de saúde, comunicação, mecânica etc, estarmos perante uma sociedade cada vez mais pobre? Uma sociedade que sobrepõe os valores individuais aos gerais jamais poderá ter sucesso! Bem sei, que as vicissitudes da vida muitas vezes nos levam a pensar que essa será a melhor maneira de ultrapassar os problemas, no entanto quando olhamos para o lado e vemos um pobre, não acredito que ninguém, nem que seja por breves milésimos de segundo se deixe de interrogar sobre o que terá levado aquele desconhecido a uma situação daquelas! Esta é a essência do ser humano e quem a renegar, que me desculpe mas não é humano!

Será normal num mundo em que cada vez mais existe dinheiro em offshore, dinheiro que ninguém sabe muito bem onde anda, exista tanta pobreza? Qual o papel das religiões em tudo isto? Devem manter-se no seio das suas luxuosas instalações ou virem a terreno ajudar os que mais necessitam? Parece-me tão clara a resposta, quanto a inércia das mesmas em combater algo que há muito deveria estar irradiado de todas as populações...a Pobreza!

3 comentários:

A. João Soares disse...

A solução não pode ser encontrada dentro das igrejas, mas nas empresas de serviços que se gabam de ter lucros fabulosos à custa, como é óbvio, dos clientes que são obrigados a pagar mais do que o justo valor.Repare-se nos bancos, nas seguradoras, nas empresas da água, dos telefones, da electricidade.
Os anúncios publicitários são um escândalo, pelos seus custos e pela intenção de apanhar mais incautos.
E não aparece um poder políticos que ponha ordem nestes casos. Porquê? Porque será nessas empresas que vão aninhar-se após saírem do «serviço activo».

al cardoso disse...

Tudo isto so se resolvera, quando interiorizar-mos que nada do que existe neste mundo nos pertence, pois tudo deixamos quando dele partirmos!

E portanto necessaria uma mudancas de mentalidades.

Um abraco amigo forno-algodrense.

Serafim Saudade disse...

Ao ler este post, vei-o-me à ideia aquela celebre frase que há uns anos fazia furor "É Bom Viver em Fornos"... Pois é verdade, é bom viver em Fornos, mas... só para alguns que se enchem de guita à custa dos pobres coitados, deixo aqui a minha singela sugestão á autarquia fornense, seria melhor a autarquia patrocinar a feitura de t-shirt´s com o seguinte slogan: " EM TERRA DE CEGOS..."!!!Não concordam comigo? Isto sim é o exemplo que todos nós assistimos mais de perto entre o fosso que existe entre pobres e ricos...